Wordpress, Prestashop, Joomla e Drupal Grátis
OBRA: A LITURGIA DOS URUBUS
OBRA: A LITURGIA DOS URUBUS

Esta página foi vista 184 vezes desde
 
 
 
 
A Liturgia dos Urubus é uma peça teatral em um único ato que conta a história de um bando de urubus retrógrados e conservadores que passam a vida fazendo sempre as mesmas coisas, até que um belo dia nasce um urubu revolucionário que em seu primeiro voo já pega a direção contrária à determinada pelos urubus mais velhos. Esse jovem revolucionário se revolta com o fato de que sua espécie passa a vida comendo carniça, sendo que os humanos comem sempre a carne boa. Então ele forma um grupo de jovens rebeldes que tenta reivindicar seus direitos de igualdade. E a partir daí trava uma ferrenha luta de vida e morte, pontuada por inúmeros percalços - que seriam trágicos se não fossem cômicos - até que finalmente os humanos conseguem exterminar todo o bando de urubus. Deparam então com um dilema: quem doravante irá comer a carniça? Percebem que fizeram um grande mal. Por sorte, acham um ninho de ovos ainda por chocar, tarefa essa que competirá a eles fazê-lo, se é que querem garantir a continuidade da espécie. Os urubuzinhos nascem e um deles, já de cara, sai andando ao contrário.